Menopausa

Menopausa é uma data, a data da última menstruação, que só é possível definir após 1 ano sem menstruar. Isso costuma ocorrer por volta de 50 anos e reflete a parada de produção dos hormônios sexuais femininos pelo ovário. Quando a suspensão da menstruação ocorre antes de 40 anos de idade é chamada de menopausa precoce.

Os sintomas da redução dos níveis de estrógeno podem se fazer sentir alguns anos antes e depois da menopausa e, esse período é chamado de climatério

Quais os sintomas no climatério?

Presença de fogachos ou sensação breve de calor, insônia, variação do humor, vaginal mais seca e dor na relação sexual por falta de lubrificação vaginal. As infecção urinária de repetição e incontinência urinária no esforço (rir, tossir, dar risada) pode surgir neste período.

Como é feito o diagnóstico?

Por dosagens hormonais no soro de Estrógenos, LH, FSH, TSH, Hormônios Sexuais e Prolactina associados aos sintomas clássicos.

Quais os benefícios da reposição hormonal?

Além da melhora dos sintomas, a reposição hormonal com preparados de estrógenos sintéticos ou similares, diminuem a perda da massa óssea que acompanha a menopausa, prevenindo ou até mesmo tratando a osteoporose.  Além disso, tem importante efeito de proteção cardiovascular. Homens tem mais infarto do que mulheres jovens pois o estrógeno pode atuar como um protetorcardíaco. Conforme se inicia a menopausa, o risco de infarto aumenta nas mulheres que não fazem reposição hormonal.

Todas as mulheres podem fazer reposição hormonal?

Mulheres com trombose recente, portadoras de câncer de mama ou endométrio, as que tem sangramento uterino sem causa definida e mulheres com doença do fígado ou cardíaca graves não podem fazer reposição hormonal. A presença de câncer de mama, endométrio ou ovário em familiares também é uma contraindicação da terapia de reposição hormonal. Nem todos estes casos, outras medicações não hormonais podem ser utilizadas para alívio dos sintomas

Como é feita a reposição hormonal?

Para mulheres sem útero usa-se só estrógeno. Para aquelas mulheres com útero é necessário usar estrógeno e progesterona para simular o ciclo menstrual.
Há opções de usar comprimidos, adesivo ou gel e há tratamentos que mantém a mulher menstruando e outros que não. A escolha do tipo de tratamento depende do tempo de menopausa, da vontade da paciente e de doenças prévias associadas.

Há riscos na reposição hormonal?

O estrógeno usado na reposição hormonal pode levar a trombose, assim como o uso de anticoncepcionais. Por isso, na menopausa o tratamento é bem individualizado e usam-se baixas doses de estrógenos. O uso da progesterona nas mulheres que tem útero é para impedir que ocorra câncer de endométrio.

A progesterona usada na mulheres que tem útero pode aumentar o risco de câncer de mama. Mas o não fazer a reposição aumenta risco de infarto e osteoporose. Por isso é necessário o entendimento muito claro e objetivo entre médico e paciente, um acompanhamento regular e avaliação caso a caso.

Quando iniciar e até quando fazer a reposição hormonal?

Estudos mostram que o período mais indicado para iniciar o tratamento é de até 6 anos após a última menstruação, iniciar após esse tempo leva a mais riscos do que benefícios. Já a duração do tratamento não tem tempo de término definido e deve basear-se nos sintomas e exames de cada paciente.

Como é feito o acompanhamento?

Exames laboratoriais que avaliem perfil de colesterol, glicemia e fígado, e controle dos valores dos hormônios no soro.  

Ultrassom de mamas, transvaginal e mamografia

Densitometria óssea

O tempo para repetição dos exames é definido pelo médico, sendo mais frequentes no início do tratamento e mais espaçado ao longo do tempo.

 

Fonte: Endocrine Society e Pardini, D. Terapia de reposição hormonal na menopausa. Ar Bras Endocrinol Metab.2014;58/2

A boa regulagem hormonal evita doenças endócrinas

Especialidades

UMD

Av. Indianópolis, 530
Indianópolis - São Paulo - SP
CEP: 04062-000

Tel: (11) 5053-8999

Responsável Técnico

Dr. João H. Romaldini
CRM: 13736
Endocronologista

UMD Resultados

Obtenha seus exames de maneira prática e rápida através de nosso sistema online.

Clique aqui para acessar a área de resultados da UMD.